Pegue uma xícara, sirva-se e fique à vontade.

10 novembro 2009

Concepções Sublimes



Meu amor não tem asas
Não alça vôo nos horizontes do desejo
Dispensa segredos
Adora beijo

Meu amor não tem asas
É amor de querer bem,
de bem querer
De querer estar perto
De perto estar por qualquer coisa
Querer ouvir
Querer sentir

Meu amor não tem asas,
Mas longe vai
Perto fica.

Meu amor não tem asas,
Apenas voa para
junto de Ti.


Postado por: um andante 
Hora: vôo
Data real: 10/11/2009

36 comentários:

Maycon Aguiar disse...

Belíssimo poema, indescritível ! Adorei o seu comentário na minha postagem, é exatamente o tipo de iopinião que eu esperava receber, sendo a mim favorável ou não.

Um beiijo !

Bárbara disse...

Eu adorei!
Lindo, lindo mesmo!

:)

DaniNeves disse...

Ai que singelo, sublime!
Bisous

Ser em construção disse...

MAycon

Acho que nesses casos a questão não é ser favorável a vocÊ, que sei que escreve com o fervor que só os iluminados possuem, o problema é que ninguém se prestou a pensar que a UNIBAN não é só aquela aluna, somos mais de 60 mil alunos, professores e coordenadores que fazem um trabalho sério e de responsabilidade, então isso me deixou um pouco, ou melhor, muito frustrada, pois minha formação acadêmica é de lá.
E saber que todos os esforços de vários anos de estudo só servirão para que eu seja descriminada no mercado de trabalho.
Aí Eu lhe pergunto: quem devo processar ?
beijos
Ps. obrigada por abrilhantar esse meu espaço.

Barbára

Espero vê-la por aqui mais vezes.

Dani

Viu só " Os brutos também amam"
Beijos minha linda.
nos vemos nas salas de aulas da vida.

Ítalo do Valle disse...

Lindo poema!

Lilian Britto disse...

O amor não tem asas, mas mesmo assim voa... E voa longe!

Belo blog, belo poema.

Beijos e um lindo final de semana =*

Morenalilica - Skoob - http://www.skoob.com.br/usuario/mostrar/2791

Vanessa Guilherme disse...

simples e lindo!
;D

Lolla...doida varrida! disse...

simples e profundo. precisa dizer mais???
só que já estou seguindo....
bom fds!!!

Ser em construção disse...

Italo
Lilian
Vanessa
Lola

Obriagada a todos vocês por fazerem parte do que agora chamo de construção.Que possamos juntos construir.
beijos

Barbara disse...

Amor não tem asas e assim mesmo voa.
Tá no pensamento, é movido.
Tô aqui.
Com muito prazer, menino.

Sandra disse...

Você me convidou e eu vim.
Belo poema.
Gostei muito muito desse voo.
O meu amor não tem asas.
bem significativa esta frase.
Um grande abraço, amiga.
Volte Sempre.
Sandra

Carolina disse...

"Meu amor não tem asas" amei esta frase.

Obrigada pela visita, e vou vir mais vezes pra tomarmos um chá. rs

bjos meus

Mariazita disse...

Vim agradecer a sua visita ao meu blog "Histórias de Encantar", e conhecer seu espaço.
Gostei!
É arejado, alegre, profundo também... enfim, rendo-me e vou me fazer sua seguidora.

O seu último post é um belo poema. Parabéns!

E, sem mais demora, vou ver a "farofa" que vc me recomendou.
Depois te digo como achei a farofa :)))

Conto contigo mais vezes. Eu voltarei.

Beijinhos
Mariazita

Jeyza disse...

Você é linda!!!
Suas palavras me encantam cada vez mais. 'Amo' falar de amor e amei mais ainda a sua maneira de expressar esse amor que não tem asas, mas voa longe. Ah, e te garanto ele voou até mim!
Sodades de ocê.
Beijos
Jeyza

Juliana Lira disse...

"Meu amor não tem asas,
Apenas voa para
junto de Ti."

O eterno voo dos apaixonados, tão belo, tão sonhado, tão eterno...

Milhões de beijos

aa disse...

Olá,
vim conhecer o seu blog... gostei!

Bonitas estas palavras que falam de amor...

"Meu amor não tem asas
É amor de querer bem..."

LINDO!

Klécia Galvão disse...

Obriga pela força, foi muito bom bom ver um visitinha tão delicada, culta e inteligente como o seu blog.
Bjocas

lua prateada disse...

Sempre belas as palavras saídas do nosso sêr...
Não conhecia teu espaço mas adorei.
Beijinho com muitoooooooooooo

SOL

Jelicopedres disse...

Vim só para uma visita rápida.
Preciso de mais tempo para apreciar as coisas belas que tem para me/nos oferecer.
Obrigada visita.
De Portugal, quase ao Sul, junto a um belo e imenso Mar... Abraço.

"Namastê"

(Flores e um chazinho, pois claro...!)

Olhos de Mel disse...

Obrigada pela visita! Volte, sim? Adorei seu blog e vou voltar. Seu poema é lindo. Um amor que em qualquer lugar que vá o acompanha. Um amor pra ter, ser e estar.
Boa semana! Beijos

Sonia Schmorantz disse...

É um belo poema que tens aqui também, bem do meu gosto!
Muito obrigado pela visita, será um prazer receber-te sempre
abraço e uma ótima semana

Bel disse...

Primeira vez por aqui, e gostei!
A poesia, a ironia, a fantasia...
Boa semana! Bjo!

direitinho disse...

Bom dia amigo
Passei por aqui e também aqui te deixo um abraço de amizade.
Gostei dos teus poemas.
Há uma mensagem agradável em cada um.

Maria Emília disse...

Obrigada pelas palavras que deixou no talqualsou. Fico feliz por saber que se sente bem lá.
Um grande beijinho,
Maria Emília

EFS*** disse...

Lindo, poético, sensivel como tudo que brota deste coração sincero e marcado pelas experiências lirico-metafísicas! ^^

PS. Meu amor tem asas (tatuadas nas costas) ai ai... :)

O Profeta disse...

Soltos aromas a terra molhada
A geada cobre o ventre da ilha
Dos golfinhos só resta a lembrança
Do alto um milhafre comtempla a maravilha

Subi ao sítio mais alto
Contemplei no longe Santa Maria
Desci ao vale a caminho do sul
Fechei os olhos ao que sentia

Sete são os sortilégios
Sete são as dores sentidas
Sete eram os filhos de pé descalço
Sete eram as almas perdidas

Sete!
Eram mais dois de rosto franco
Ele empurrava uma carroça com os mais novos
Ela limpava o suor ao sorriso sem espanto

As dores da pobreza perdem-se nos ais
Uma oração compõe a esperança
Quando os sonhos fogem à ambição
O Universo é mais do que o que a vista alcança

Não há grades para a loucura
Não há rumo para o fim do mundo
Boca que pede pão e amor
Não solta na fúria qualquer queixume

Frias são as noites
Ah mas esta lava que te abriga
Tem tatuada mil risos de criança
Tem cheiro a pão e voz amiga

Crepita o fogo nas pedras e na alma
Cose as tuas redes ó pescador
Alisa a madeira ó carpinteiro
Mulher Mãe sem pão, alma carregando a dor

Na aurora acontece o canto dos pássaros
O bocejo de um catraio
Um abril prenhe de esperança
Um baptismo lá para Maio

Mais um!
E já lá vão sete, almas singelas
É o que Deus nos quis dar

Quatro paredes onde respiram criaturas belas

O destino ditou a sina em mãos rudes
As linhas não deram rumo para palácio de nobres
Mas a conta sete, surgiu vincada
E uma contradição...felizes e pobres...

Ser em construção disse...

últimas noticías
Prometo agradecer a casa um de você.
Lentamente
Um após outro
e mais outro
você amigos um enorme beijo.

Maria João disse...

Porque a solidão se quebra com o querer bem e o bem querer de olhares atentos, porque este é um lugar acolhedor que me apetece voltar mais vezes...

Eu agradeço o carinho nas palavras.
Eu seguirei este seu espaço.

Um abraço

Mahria disse...

Nossa encantada aqui... Amei mesmo.
Adoro poesia, poemas, fatos, flores e até espinhos.

Porém meu amor tem asas.
E como voa esse amor.
Todo dia vai e volta, segue-o aonde for.

Bjs
Mah

Maria Ribeiro disse...

"SER EM CONSTRUÇÃO": não precisa de asas para o teu amor... Você ama, é quanto basta!Você chega lá sem asas, meu amigo!O seu amor vai ,volta, move-se para todo o lado mas... não foge!
BEIJO DE LUSIBERO

EFS*** disse...

Minha queridíssima, você sabe o quanto te admiro, e nao me canso de dizer do seu talento e desenvoltura, mas sinto que desta vez boiei no assunto.

Me conte direitinho o que aconteceu na Uniban pra que eu possa entender!

Beijos, perdão se insulteir! :(

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

Laurita disse...

Diz que amor não tem asas
Eu penso a todo o momento
Ele nos queima como brasas
E até voa como pensamento.

belo poema. Beijócas

poetaeusou . . . disse...

*
aladas concepções
nas asadas e sublimes nuvens,
,
belo post,
,
saudações
,
*

Maari. disse...

Simplesmente Lindo...
Gostei daqui também!
Beijos na Alma!

de Cassia disse...

Divino! Voei alto lendo esses versos... lindo lindo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails